quarta-feira, 29 de abril de 2009

Metallica - Death Magnetic






18 anos depois, o Metallica lança um disco que pode ser considerado, a volta as origens da banda.

Calma. Tiveram álbuns lançados nesse meio tempo. Mas nada igual a esse.

Eles lançaram bons trabalhos como o “Load” e o “Reload”, e o fraco "St. Anger", mais nada que fosse parecido com os álbuns anteriores. Nenhuma canção furiosa de arrepiar. Apenas uns discos bons.

Esse disco é diferente, remete aos velhos tempos da banda e seu indefectível “Black Álbum”. Musicas rápidas, fortes e arrepiantes. Parece que enfim o Metallica voltou a ser o que já foi um dia: uma banda EXEPCIONAL.

O novo baixista, Robert Trujillo, parece ter dado novo gás à banda. E feito de vez por todas, o Metallica voltar a tocar rock dos bons. Ele está em casa e feliz. Mostrando personalidade e imprimindo sua técnica em prol da banda. Basta ver alguns vídeos e ver que ele muito técnico e ousado em suas performances.

Lars Ulrich está detonando na bateria, revivendo os pedais duplos com explosão, técnica e velocidade.

A banda parece que enfim, com esse novo trabalho, vai reacender a chama existente no coração dos seus antigos fãs e conquistar novos ouvintes.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

1- A terceira parte de “The Unforgiven”, ficou bem legal.

2- As músicas That was just your life", "The end of the line" e "Broken, beat and scarred" são fantásticas.

3- Recomendo.

1 Comentário:

Ulires disse...

sem dúvida é um excelente álbum!

\o/

Postar um comentário